terça-feira, 12 de abril de 2016

Um escritor

Aquele que joga no liquidificador
O que ele achou que viu
O bocado que, de fato sentiu
Com uma pitada do que realmente aconteceu
Pra bater bem.
Então decora o copo e oferece para quem quiser beber.

(às vezes ele espreme tudo com as mãos mesmo)

2 comentários:

  1. Descrito com maestria! Na sua forma mais pura e crua! Simplesmente perfeito. Parabéns

    ResponderExcluir
  2. Descrito com maestria! Na sua forma mais pura e crua! Simplesmente perfeito. Parabéns

    ResponderExcluir